jusbrasil.com.br
13 de Agosto de 2022

Transação Tributária: nova lei amplia descontos de débitos a serem negociados e dispensa garantias.

A Lei nº 14.375/22, alterou as regras de renegociação de débitos tributários.


O texto amplia de 50% para 65% o desconto máximo do valor dos débitos a serem negociados, aumenta de 84 para 120 as parcelas máximas na transação e permite utilizar prejuízo fiscal de Imposto de Renda Pessoa Juridica (IRPJ) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para pagamento de dívidas, até o limite de 70% do saldo remanescente após os descontos.

Além disso, prevê que os descontos concedidos nas hipóteses de transação não serão computados na apuração da base de cálculo do PIS, COFINS, IRPJ e CSLL e dispensa a prestação de garantias pelo devedor ou de garantias adicionais às já formalizadas em processos judiciais.

Já os benefícios concedidos em programas de parcelamentos anteriores que ainda estiverem em vigor serão mantidos, limitados ao montante referente ao saldo remanescente ao respectivo parcelamento, considerando quitadas as parcelas vencidas e liquidadas, desde que o contribuinte se encontre em situação regular no programa.

Por fim, a medida amplia o regime da transação por adesão ao contencioso tributário de pequeno valor às dívidas de natureza não tributária cobradas pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), aos créditos inscritos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e às dívidas das autarquias e fundações.


Faça parte do nosso Network, siga-nos em nossas redes sociais e não deixe de se manifestar, seu feedback é muito importante!

Publicamos notícias, artigos e modelos de peças toda semana, siga-nos para receber as notificações e as atualizações.

https://linktr.ee/TomazellieCortinaadvogados

https://www.linkedin.com/in/k%C3%A1ssioaugustotomazelli/

https://www.facebook.com/tomazelliecortinaadv/

https://www.instagram.com/tomazelliecortinaadv/

https://kassiotomazelli.jusbrasil.com.br/

Obrigado!

Informações relacionadas

Grupo Bettencourt, Contador
Notíciasmês passado

Receita Federal altera norma para arrolamento de bens; confira atualização

Cássio Duarte, Advogado
Notíciasmês passado

STJ: irregularidade na guarda de provas em processo do júri deve ser apontada antes da pronúncia, decide Sexta Turma

Jucineia Prussak, Advogado
Notíciasmês passado

Alteração de nome e sobrenome direto no Cartório está Liberado em todo o Brasil, com a publicação da Lei 14382/2022

Grupo Bettencourt, Contador
Notíciasmês passado

Regulação das criptomoedas pelo Congresso: como o projeto de lei a ser aprovado responde a desafios atuais?

Grupo Bettencourt, Contador
Notíciasmês passado

Sancionada lei que cria o Sistema Eletrônico de Registros Públicos

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)